24/7

Benefícios de saltar à corda



Vamos saltar à corda?

Para aqueles que procuram perder peso rapidamente, é muito importante a prática de exercícios que garantam que o ritmo cardíaco se mantenha elevado. Saltar à corda é precisamente um desses exercícios! Para além do trabalho intensivo dos músculos, quando saltamos à corda, também os pulmões vão sair fortalecidos. O metabolismo vai manter-se acelerado e irá continuar a eliminar calorias, mesmo depois de guardada a corda.

Quando saltamos à corda, trabalhamos intensamente múltiplas partes do corpo em simultâneo, queimando desta forma as gorduras indesejadas de uma forma mais eficaz.

Para perder gorduras localizadas, bastam 5 a 15 minutos por dia a saltar à corda. Para aqueles que procuram recuperar o tempo perdido e manter a boa forma física sem oscilações, sugerimos 30 minutos 3 ou 4 dias por semana.

Saltar à corda ajuda a perder barriga

Saltar à corda ajuda a perder barriga Créditos de Imagem

Por muito fácil que nos pareça, saltar à corda é uma atividade física extremamente intensa. Quando saltamos à corda não estamos apenas a trabalhar pernas, usamos os ombros, assim como os antebraços e bíceps para fazer a corda girar. Trabalhamos também os abdominais para nos mantermos na posição correta.

Saltar à corda é um dos exercícios mais completos e uma brilhante forma para queimar o excesso de gordura, perder barriga e para manter a forma física de um modo muito simples.

Este exercício é uma excelente opção para aqueles que têm uma vida sedentária ou pretendem obter resultados rápidos e duradouros.

Saltar à corda benefícios

Saltar à corda benefícios Créditos de Imagem

21 benefícios de saltar à corda!

  1. Contribui para a perda peso de uma forma fácil, rápida e saudável
  2. Pode ser praticado em qualquer local
  3. Acessível a todas as carteiras
  4. Trabalha braços e pernas em simultâneo
  5. Queima até 3 vezes mais calorias do que correr
  6. Trabalha todos os músculos
  7. Excelente aliado para eliminar gorduras na barriga
  8. Ótima opção para quem pretende trabalhar glúteos e pernas
  9. Benefícios a longo prazo
  10. Tonifica os músculos
  11. Combate a flacidez
  12. Equilibra o sistema respiratório
  13. Melhora a resistência física
  14. Aumenta a agilidade
  15. Fortalece o sistema cardiovascular
  16. Aumenta a resistência
  17. Melhora a coordenação motora e o equilíbrio
  18. Perda de 400 calorias por cada 30 minutos, ou seja, podem perder até 4 quilos em duas semanas
  19. Estimula a circulação sanguínea e o suor, promovendo a eliminação de toxinas
  20. Excelente aliado no combate à celulite
  21. Saltar à corda emagrece mais do que caminhar, correr ou andar de bicicleta

Se não praticam exercício físico há muito tempo sugerimos que comecem com sessões de 5 minutos e aumentem progressivamente a intensidade, assim como o número de vezes que praticam esta atividade física semanalmente. Lembramos ainda que saltar à corda não é aconselhável que aqueles que sofrem de problemas cardiovasculares, hipertensão ou problemas nos joelhos e articulações.

Saltar à corda dicas

Saltar à corda dicas Créditos de Imagem

Se pensam que saltar à corda é entediante, aqui ficam algumas sugestões:

– Corram com a corda sem saírem do lugar

– Levantem bem os joelhos para exercitarem os abdominais

– Experimentem cruzar e descruzar a corda de maneira a trabalharem mais ombros e braços

– Variem o sentido da corda, saltem também com a corda para trás

– Não esquecer de fazer um pequeno aquecimento antes de começarem a saltar à corda

– Lembrem-se que o corpo deve estar alinhado na vertical com o pescoço e com a coluna

– Dobrem ligeiramente os joelhos

– Os cotovelos devem fazer um angulo 45 graus

– Para quem está a iniciar, sugerimos que saltem com a ponta dos pés sem dobrar os joelhos, assim conseguirão saltos mais rápidos e curtos

– Mantenham os braços e ombros descontraídos

– Apontem os dedos dos pés para a frente

– Virem as palmas das mãos para cima

– Rodem a corda apenas com os punhos

– Saltem apenas o suficiente para deixar a corda passar debaixo dos pés

– Inspirem pelo nariz e expirem pela boca

– Para que não se cansem de fazer sempre a mesma coisa, variem os exercícios

– Mantenham os abdominais contraídos

– Não se esqueçam de fazer alongamentos antes e depois do exercício físico

– Acompanhem cada sessão com a vossa banda sonora favorita

Agora, toca a saltar… do sofá!

Créditos de imagem destaque

Você necessita de fazer login para inserir um comentários Login

Insira um Comentário